quinta-feira, 26 de junho de 2014

BOMBA - Ministério Público Eleitoral pede a cassação do Prefeito de São Mamede; Confira



O Ministério Público Eleitoral (MPE) acaba de oferecer parecer favorável a cassação do atual prefeito de São Mamede-PB, Francisco das Chagas Lopes de Sousa, e da Vice-prefeita Eva Bezerra, ambos do DEM.

A Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) foi proposta ainda no ano de 2012 pela 'COLIGAÇÃO O FUTURO COMEÇA AGORA', composta pelo PMDB/PT e que foi encabeçada pelo candidato oposicionista o jovem médico Dr. Umberto Jefferson, filho de Dr. Umberto Marinho e Niúda Morais.

A AIJE (de nº 35841) versa sobre a captação ilícita de sufrágio e abuso de poder político e econômico nas eleições de 2012. 

Dr. Umberto Jefferson usou das palavras do Ministro Ayres Britto, do TSE, para comemorar esta decisão: "não basta ganhar eleição, é preciso ganhar com legitimidade, tanto a obtida pelo voto como a jurídica, que é a das leis. É preciso conciliar as duas, mas, quando há um choque, esta última se sobrepõe à primeira." 

Esta notícia caiu como uma bomba no município de São Mamede-PB. Não se fala em outra coisa nas redes sociais. Enquanto a oposição comemora os situacionistas se estrebucham, afinal, não será nada fácil perder essa boquinha depois de quase duas décadas mamando nas tetas da prefeitura.

Mas, enfim, a justiça está começando a ser feita!

segunda-feira, 9 de junho de 2014

Exclusivo: Único aliado de Ricardo no Vale do Sabugy, prefeito de São Mamede deve aderir a Cássio no próximo dia 22




A permanência do ex-senador Efraim Morais no esquema governista, decisão que provocou “racha” no DEM, parece ter rendido poucos frutos ao projeto de reeleição do governador Ricardo Coutinho (PSB). No Vale do Sabugy, base do ex-senador, quatro dos cinco prefeitos estão com o senador Cássio Cunha Lima, pré-candidato do PSDB. O quinto deve anunciar apoio ao tucano ainda este mês.
Apesar dos apelos pessoais de Efraim, de quem é amigo pessoal, o prefeito Francisco das Chagas Lopes (DEM), de São Mamede, convidou Cássio para abrir oficialmente os festejos juninos da cidade, no próximo dia 22. Chaguinha, como é conhecido, deve aproveitar a ocasião para anunciar apoio ao candidato de oposição, seguindo o caminho de seus colegas Ademir Morais (Santa Luzia), José Ivaldo Morais, o Galego, (Várzea), Cosmo Simões de Medeiros (Junco do Seridó) e Iracema Nélis de Araujo Dantas (São José do Sabugy).
Além de aliado, o prefeito de Santa Luzia também é primo de Efraim Morais. Mesmo assim, foi um dos primeiros a decidir pelo voto em Cássio. Ademir Morais, inclusive, participou do encontro do PSDB em Patos, com a presença do tucano. Quando perguntados sobre o motivo das adesões, os prefeitos respondem a mesma coisa: “O povo quer votar em Cássio e não podemos ficar contra o povo”.
Parece até coisa combinada.

terça-feira, 27 de maio de 2014

EM SÃO MAMEDE - Polícia Rodoviária Federal recupera veículo que foi roubado em 2011



A Polícia Rodoviária Federal conseguiu recuperar na noite desta sexta-feira, 23, um veículo que havia sido roubado em Igarassu-PE, no dia 21 de Junho de 2011.

De acordo com a PRF, o homem identificado pelas iniciais, L.C.S., de 38 anos, foi abordado no Posto Rodoviário localizado no KM 310, BR 230, em São Mamede, quando conduzia o veículo, um VW/Gol emplacado em Pernambuco, e que apresentava sinais de adulteração.

Ao ser questionado pelos policiais, L.C.S. afirmou que havia comprado o veículo há duas semanas.

O homem e o veículo apreendido foram levados para a Delegacia de Polícia Civil em Patos. 


* MaisPatos.Com

quarta-feira, 7 de maio de 2014

SÃO MAMEDE - Prefeitos do Vale do Sabugi declaram apoio a Ricardo Coutinho

Prefeito Dr. Chagas (São Mamede), o Governador Ricardo Coutinho (PSB) e o Prefeito Galego (Várzea)


Os prefeitos de São Mamede, Francisco das Chagas Lopes e de Várzea, José Ivaldo Morais, do Democratas, declararam na tarde desta quarta-feira (07) que vão caminhar junto com o pré-candidato a governador, Ricardo Coutinho (PSB). Acompanhados do presidente estadual do DEM, Efraim Morais, os prefeitos do Vale do Sabugi reafirmaram que seguem a orientação do partido de apoiar Ricardo Coutinho, em reconhecimento ao trabalho e os avanços conquistados pela Paraíba.

O prefeito Francisco das Chagas afirmou que o seu grupo político se reuniu na semana passada e decidiu por unanimidade diante do novo quadro apoiar Ricardo Coutinho pela forma de governar com os municípios e a participação popular através das plenárias do Orçamento Democrático. "Também destacamos o Pacto Social que possibilitou avanços na saúde e educação. No nosso município firmamos convênio que possibilitou que o hospital voltasse a funcionar, a construção de duas passagens molhadas, a construção de uma escola modelo de mais de R$ 3 milhões e quatro ônibus distribuídos para atender toda zona rural que é muito extensa". 

O prefeito de Várzea, José Ivaldo Morais, conhecido como Galeguinho, afirmou que segue o comando político de Efraim Morais e vai apoiar Ricardo Coutinho. "A nossa decisão não poderia ser diferente de seguir o nosso partido e buscar o melhor para a Paraíba, para o Vale do Sabugi e para Várzea. Queremos continuar junto com Efraim, com Ricardo e todos que fazem esse projeto bom para o povo da Paraíba".



* MaisPB com Assessoria 

segunda-feira, 5 de maio de 2014

Deputado solicita 'KIT' para o Conselho Tutelar de São Mamede-PB


Em atendimento ao pedido feito pelo Vereador Fernando Medeiros (PT), corroborado pelo Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores e o Conselheiro Tutelar Hélio Patrício, o deputado federal Pe. Luiz Couto (PT) protocolou, na última quarta (30/04), um ofício junto a Secretaria Especial de Direitos Humanos da Presidência da República - SDH/PR solicitando da Ministra Idelli Salvatti a estruturação do Conselho Tutelar do município de São Mamede-PB.

Segundo o parlamentar, o atendimento ao peito se justifica porque ultimamente tem se constatado o aumento de atos infracionais praticados por menores de idade na sede do município, bem como a ocorrência de consumo de drogas por parte de adolescentes.

O 'KIT' destinado aos Conselhos Tutelares é composto por 01 (um) Veículo Automotor Zero Km, 05 (cinco) Computadores, 01 (uma) Impressora Multifuncional, 01 (um) Bebedouro e 01 (um) Refrigerador.


* Blog São Mamede Net

terça-feira, 29 de abril de 2014

VEREADOR FERNANDO (PT) E PETISTAS DE SÃO MAMEDE TEM AUDIÊNCIA COM O DEPUTADO PE. LUIZ COUTO (PT)


O Vereador Fernando do Papagaio (PT) acompanhado do presidente do PT de São Mamede Professor Gerlucio Medeiros, do conselheiro Tutelar professor Hélio Patrício e o funcionário publico Zé Luiz Mineiro, esteve reunido na manhã deste domingo (27) na Associação Comercial em Patos com o deputado federal Padre Luiz Couto (PT).

Na oportunidade foi debatido assuntos de interesse do município de São Mamede, o vereador Fernando do Papagaio (PT) apresentou ao deputado Padre Luiz Couto um oficio onde pede empenho do mesmo no intuito de equipar o conselho tutelar de São Mamede com (carro tipo Pálio Weekend 1.6, cinco computadores, uma impressora multifuncional, um refrigerador e um bebedouro) doados pelo Governo Federal, o vereador destacou que o município de São Mamede vem passando por um momento muito difícil com aumento da violência e infelizmente muito dessas ações praticadas por menores, o deputado de imediato se prontificou de lutar para incluir o município de São Mamede nesse programa que beneficia os conselhos tutelares do Brasil com esses equipamentos.

O encontro teve a presença do ex- secretario de Agricultura do Estado da Paraíba e pre- candidato a deputado estadual pelo PT Marenilson Batista, ex-prefeito de Teixeira Elenildo,  do vereador de Pombal Josevaldo Feitosa entre outras liderança do PT da região.


* BlogSãoMamede1

sábado, 26 de abril de 2014

NOTA DE AGRADECIMENTO

O signatário deste blog vem a público agradecer aos amigos que tão logo tomaram conhecimento da condenação imposta a este blogueiro se sensibilizaram e doaram os R$ 2.000,00 (dois mil reais) pagos a Ademir Morais à título de Indenização.

É sem sombra de dúvidas um  gesto de solidariedade que nos anima para continuar combatendo o bom combate, conscientizando a população para escolher melhor os seus representantes, denunciando todos e quaisquer casos de corrupção cometidos pelos agentes públicos e lutando de forma incansável e diuturnamente pela livre liberdade de expressão de pensamentos.

Enfim, a verdadeira JUSTIÇA foi feita!

Cito, logo abaixo, o nome de cada um dos doadores:

- Bivar Duda (Ex-vereador de Santa Luzia);

- Dr. Kildary Meira  (Advogado);

- Dr. Ronny Charles (Advogado);

- Dr. Umberto Jefferson (Médico);

- Dr. Umberto Júnior (Médico);

- Josevaldo Feitosa (Vereador de Pombal);

- Luiz Couto (Deputado Federal);

- Marenilson Batista (Ex-secretário de Agricultura da Paraíba);

- Nilton Dantas (Secretário de Educação de Maturéia);

Obrigado, AMIGOS!

sexta-feira, 25 de abril de 2014

TCE multa prefeito de Santa Luzia em mais de R$ 7 mil



O prefeito de Santa Luzia, Ademir Morais (DEM) foi multado pela 1ª Câmara do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba em R$ 7.882,17 por descumprimento de resolução emitida pela Corte de Contas em relação à contratação irregular de pessoal. O processo foi aberto depois de uma inspeção da Procuradoria Regional do Trabalho realizada em 2006. O gestor tem um prazo de 30 dias, a contar da publicação da decisão (que consta na edição online do Diário Oficial Eletrônico do TCE desta segunda-feira, 21) para recolhimento ao Tesouro Estadual, à conta do Fundo de Fiscalização Orçamentária e Financeira Municipal da quantia.

Caso Ademir não pague a multa, ficará passível de ser acionado pela Procuradoria Geral do Estado (PGE), devendo-se dar a intervenção do Ministério Público, na hipótese de omissão da PGE.

A irregularidade encontrada em Santa Luzia foi a contratação "por excepcional interesse público" de 72 profissionais da Saúde, cujos cargos de natureza efetiva vem sendo ocupados por contratados durante vários exercícios seguidos, descaracterizando a contratação por tempo determinado em descumprimento ao disposto na Constituição Federal de 1988.

Em sua defesa, Ademir Morais alegou que desta relação (72 profissionais da saúde), uns pertencem ao quadro efetivo da municipalidade, as quais foram admitidas por concurso público realizado em 1997, outros foram admitidos antes da promulgação da Constituição de 88 e, a servidora Sabrina Bezerra da Silva foi nomeada por força de aprovação em concurso público realizado em 13/01/2008, no entanto, não há nos arquivos do TCE, notícia de nenhum concurso público realizado pela Prefeitura Municipal de Santa Luzia desde o exercício de 2000. 

"Neste passo, verifico que o Administrador que ignora ou descumpre decisão desta Corte, atrai para si consequências de ordem pecuniárias (multas), administrativas (emissão de parecer contrário à aprovação das contas ou julgamento irregular das contas, quando for o caso), civis e penais, estas últimas a cargo da Procuradoria-Geral de Justiça", declarou o relator do processo, conselheiro Fernando Catão. 


* ParlamentoPB

'FANTASMAS' - Justiça Federal de Brasília bloqueia R$ 750 mil dos bens de Efraim Morais

Ex-senador é acusado de ter contratado 52 funcionários fantasmas no Senado Federal


A Justiça Federal, Seção Judiciária do Distrito Federal, acatou ação civil pública por ato de improbidade administrativa ajuizada pelo Ministério Público Federal (MPF) contra o ex-senador Efraim de Araújo Morais e bloqueou R$ 750 mil (setecentos e cinquenta mil reais) dos bens do ex-senador.

Efraim é acusado de ter contratado, quando foi primeiro secretário do Senado Federal, 52 "funcionários fantasmas", que prestariam serviços políticos na Paraíba, mas integrariam a estrutura do Programa Interlegis, que é mantido pelo Senado. De 2005 a 2008, além de 1º Secretário do Senado, Efraim foi Diretor Nacional do Interlegis.

A ação do MPF, acatada pela Justiça Federal, também pede a condenação do ex-senador no art. 12, incisos II e III da Lei Federal nº 8.429/92, que dispõe sobre as sanções aplicáveis aos agentes públicos nos casos de enriquecimento ilícito no exercício de mandato, cargo, emprego ou função na administração pública direta, indireta ou fundacional.


* MaisPB

quinta-feira, 24 de abril de 2014

NOTA DE RETRATAÇÃO PÚBLICA

Em atendimento ao cumprimento da sentença proferida nos autos do Processo de nº 032.2012.000.962-9, movido por JOSÉ ADEMIR PEREIRA DE MORAIS em face do signatário deste blog, venho a público me retratar e esclarecer o seguinte:

Considerando que o juiz Dr. Perilo Rodrigues de Lucena entendeu que a postagem intitulada 'SANGUESSUGA: TCU CONFIRMA FRAUDE NA LICITAÇÃO DE SANTA LUZIA E IMPUTA DÉBITO A ADEMIR MORAIS; CONFIRA' "(...) não está em harmonia com a decisão tomada pelo TCU através do ACÓRDÃO N. 2222/2012 - 2ª CÂMARA, pois àquele órgão fiscalizador em nenhum momento imputou multa ao autor em razão de fraude constatada no processo licitatório ao qual se refere a notícia divulgada...";

Considerando que segundo o magistrado "(...) eventuais inquérito policial, ação penal e/ou ação civil pública em andamento para apurar eventuais irregularidades apontadas não são suficientes para afastar a responsabilidade civil do promovido..."; 

Considerando que, ainda segundo o magistrado, "(...) o conteúdo veiculado na página eletrônica excedeu, de forma flagrante, a mera informação, passando a feição de ofensa pessoal à honra e à imagem do autor...";

Considerando que o juiz Dr. Perilo Rodrigues de Lucena condenou o signatário deste blog "(...) a pagar ao promovente JOSÉ ADEMIR PEREIRA DE MORAIS a título de indenização por danos morais a importância de R$ 2.000,00 (dois mil reais), bem como, a publicar matéria de retratação no próprio blog...";

R E S P E I T O S A M E N T E, informamos que o processo (007.643/2010-1) no qual o Sr. ADEMIR MORAIS  figurava como responsável junto ao Tribunal de Contas da União não chegou a virar uma Tomada de Contas Especial - TCE, uma vez que os débitos apurados nos autos, em valores atualizados há época, eram inferiores ao limite mínimo fixado na Instrução Normativa TCU 56/2007, do próprio Tribunal. Informamos ainda que os Ministros do Tribunal de Contas da União acordaram, reunidos em sessão da 2ª Câmara, com fundamento nos artigos 143, inciso V, alínea "a" e 213 do Regimento Interno, c/c os artigos 5º, § 1º, inciso III, 10 e 11 da IN TCU 56/2007, em:

"(...)

1.6. Determinações:

1.6.1. determinar o arquivamento do presente processo, sem cancelamento do débito, a cujo pagamento continuará obrigado o devedor, para que lhe possa ser dada quitação;

1.6.2. dar ciência à Prefeitura de Santa Luzia/PB acerca das seguintes falhas indentificadas na execução do Convênio 439/2007 (Siafi 502685), celebrado com o Ministério da Saúde, a fim de serem evitadas na execução de outros convênios celebrados com a União:

1.6.2.1. ausência de pesquisa de preço de mercado válida, em desacordo com o art. 15, inciso V, e art. 43, inciso IV, da Lei 8.666/1993;

1.6.2.2. utilização dos recursos em desacordo com o convênio, configurada por licitação simulada e despesas efetuadas em desacordo com o Plano de Trabalho

1.6.4. dar ciência de presente deliberação ao Fundo Nacional de Saúde, ao Departamento Nacional de Auditoria do SUS, à Secretaria-Executiva da Controladoria-Geral da União, e ao Tribunal de Contas do Estado da Paraíba."

CLIQUE AQUI para conferir a íntegra do Acórdão do TCU.

Em sendo essa a mais pura e cristalina verdade dos fatos, reiteramos o nosso respeito à Justiça e continuaremos na luta pela livre liberdade de expressão, direito este fundamental e consagrado na Constituição Federal de 1988.

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

COMUNICADO AOS LEITORES

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR


Estimados(as) leitores(as),

Ao chegar no local de trabalho na manhã de hoje (segunda, 08) - E SOMENTE HOJE - o signatário deste blog se deparou com uma NOTIFICAÇÃO enviada via fax (VER CÓPIA ACIMA) procedente da 26ª Zona Eleitoral de Santa Luzia-PB em que DEFERIU PEDIDO DE LIMINAR da 'Coligação Por Amor à São Mamede' determinando que este blog se abstenha de divulgar informações contra o Sr. Francisco das Chagas Lopes de Sousa, prefeito de São Mamede-PB.

O Sr. Dr. Juiz Eleitoral justificou a sua decisão afirmando que "...o blog representado pratica verdadeiro 'julgamento antecipado', na medida em que afirma 'existe uma grande possibilidade da Justiça Eleitoral cassar a sua candidatura após o pleito de outubro próximo e não diplomá-lo', com o nítido propósito de interferir nas intenções de voto, o que é terminantemente proibido". O juiz Dr. Perilo considerou ainda que a série especial de reportagens denominada 'VALE A PENA LER DE NOVO', onde publicamos as postagens mais comentadas e acessadas da história do blog, se tratava "..de 'notícia requentada', com evidente propósito eleitoral...".

Ao afirmar que o então candidato Dr. Chagas corria o risco de ganhar e não levar (não ser diplomado), por ter um recurso tramitando no TSE pedindo o indeferimento da sua candidatura, estávamos apenas cumprindo com o papel de bem informar aos leitores, como sempre fizemos. Afinal, foi a própria presidenta do Tribunal Superior Eleitoral quem afirmou em entrevista ao G1 da Globo que isso poderia acontecer com os candidatos pendentes de  julgamento no TSE. No mais, informamos desde o primeiro post que a série especial de reportagens VALE A PENA LER DE NOVO iria relembrar as postagens mais comentadas e acessadas da história do blog 'SÃO MAMEDE NET', portanto, nada tendo haver com notícia requentada para beneficiar ou prejudicar quem quer que seja.

E, ainda. Nem em São Mamede o signatário deste blog vota!

No entanto, embora já tenha passado a eleição - comprovando que o blog não interferiu no resultado do pleito - e em cumprimento e respeito a Justiça Eleitoral, estamos, além de retirando as postagens tidas como prejudiciais ao Sr. Prefeito Dr. Chagas,  ENCERRANDO - TEMPORARIAMENTE - AS ATIVIDADES DO BLOG 'SÃO MAMEDE NET' POR AQUI, NESTA DATA, AGORA!

O B R I G A D O

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

ATENTADO CONTRA A LIBERDADE DE EXPRESSÃO - Coligação do prefeito de São Mamede quer calar o Blog 'São Mamede Net'; Confira

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR


Com o aproximar do dia 7 de outubro o desespero e o medo de perder a campanha leva alguns prefeitáveis a cometerem atos considerados repugnantes para os dias de hoje. É o caso do atual prefeito de São Mamede e candidato à reeleição, Dr. Chagas (DEM), que ao ver a possibilidade real de perder o poder resolveu tentar 'calar' o Blog São Mamede Net, líder de audiência no município de São Mamede e o segundo mais acessado de todo o Vale do Sabugi-PB.

É que a Coligação "Por Amor a São Mamede", encabeçada pelo candidato em questão, entrou com a Representação Eleitoral nº 33413/2012 pedindo o CANCELAMENTO deste blog.

Ocorre que o blogger é propriedade do GOOGLE, quem poderia suspender temporariamente as atividades do Blog São Mamede Net ou cancelá-lo, por ordem judicial, mas o advogado Adriano Tadeu da coligação situacionista deixou de representar e pedir a notificação do GOOGLE BRASIL, motivo este pelo qual tal representação é tida como prejudicada, devendo ser devidamente arquivada, segundo a jurisprudência!

O tempo da ditadura militar já passou e hoje vivemos num país livre, democrático, onde a livre expressão de pensamentos é assegurado constitucionalmente, inclusive na blogosfera, queiram os seguidores dos descendentes da ditadura ou não. Por este motivo também o desejo do candidato situacionista não deve prosperar.

É tanto que o juiz Dr. Perilo Rodrigues de Lucena (da 26ª Zona Eleitoral) já INDEFERIU o pedido de liminar que pedia a SUSPENSÃO/CANCELAMENTO do blog. E não podia ser diferente, pois assim como ressaltou o próprio juiz ao indeferir a liminar, a suspensão das atividades do blog seria um ato de CENSURA.

Dos fatos

A coligação encabeçada pelo candidato do DEMOCRATAS alega que o blog http://saomamedenet.blogspot.com/ faz "divulgação diária de propaganda eleitoral negativa-inverídica contra a pessoa do então Candidato a Prefeito pela Coligação Por Amor a São Mamede, o Sr. Francisco das Chagas Lopes de Sousa, taxando-o caluniosamente de Ficha Suja".

Na representação eleitoral contra o signatário deste blog a Coligação Por Amor a São Mamede citou e fez constar nos autos as seguintes matérias que supostamente seriam mentirosas, caluniosas e difamatórias contra a pessoa do candidato Dr. Chagas (DEM):





Nada mais do que a verdade

Ao contrário do que alega a Coligação Por Amor a São Mamede, nenhumas das postagens acima referidas são inverídicas. Há quase três anos levando informações para o Vale do Sabugi e para o mundo, o único compromisso do 'Blog São Mamede Net' sempre foi, é e continuará sendo com a verdade!

É público e notório o caso envolvendo "os fantasmas de Efraim" (itém I), caso este que ganhou repercussão nacional. E não foi o signatário deste blog quem chamou a filha do prefeito de São Mamede de "funcionária fantasma", mas sim o Jornal O Globo, e depois repercutido nos maiores meios de comunicação do país. Quanto ao escândalo envolvendo o irmão do presidente da Câmara de São Mamede (itém II), que teve o curso de medicina custeado pela prefeitura municipal, também é de conhecimento público e notório que foi VERDADE, inclusive, comprovado com provas documentais.

A matéria citada no itém IV foi reproduzida do site do Tribunal de Justiça do Estado da Paraíba. Já as postagens referidas nos iténs V ao VIII dizem respeito ao andamento da ação que pede o cancelamento do registro de candidatura de Dr. Chagas, tendo, portanto, caráter meramente informativo!

A série especial de reportagens "VALE APENA LER DE NOVO", conforme informado pelo blog desde o primeiro post, dar-se devido as atividades do blog estarem para serem interrompidas, temporariamente, devido ao Trabalho de Conclusão de Curso - TCC do signatário do blog assim o exigir. Nela, está sendo relembrado as postagens mais comentadas e acessadas da história do Blog do Robson Medeiros.

Vestiu a carapuça

Quanto a postagem de título "Enquanto isso, no Dia da Independência", o blog fez sim um desabafo, mas sem citar nomes de quem quer que seja e sem afirmar qual município do Vale do Sabugi estava se referindo. Quando falamos chega de 'sanguessugas', de desviar recursos da saúde e da educação, de roubar os recursos destinados aos eventos e etc em nenhum momento nos referimos ao município de São Mamede, muito menos ao atual prefeito e candidato à reeleição Dr. Chagas!

Agora, se a sua coligação se sentiu e resolveu "vestir a carapuça", problema dela, e não do signatário do 'Blog São Mamede Net'.

Em tempo

Outorgada por João Lopes, representante legal da Coligação Por Amor a São Mamede, a representação eleitoral em face do signatário deste blog foi assinada por Adriano Tadeu. João Lopes é sobrinho de Dr. Chagas e tem vínculo com a Prefeitura Municipal de São Mamede, sendo assessor jurídico do município (pelo menos até bem pouco tempo atrás). Já Adriano Tadeu é advogado contratado da prefeitura, segundo a folha de pagamento referente ao mês de julho último disponível no site do TCE/PB.  

No mais

Diferentemente do afirmado pela Coligação Por Amor a São Mamede, o signatário deste Blog nunca esteve e nem está à serviços de político A ou B no município, pois nem em São Mamede o blogueiro vota.


O interesse deste blogueiro é simplesmente informar com imparcialidade e respeito aos leitores, conscientizando a população, e nada mais!

Cliquem sobre os títulos (links) de cada postagem tratada nesta matéria para tirar as suas próprias conclusões.

Quaisquer tentativas de CENSURAR o 'Blog São Mamede Net' será devidamente denunciada e ganhará repercussão estadual e nacional, podem acreditar!



* SÃO MAMEDE NET

domingo, 30 de setembro de 2012

BLOG 'SÃO MAMEDE NET' ANTECIPOU E O PROCURADOR DE JUSTIÇA CONFIRMOU: Vem aí uma nova operação 'pão e circo' na Paraíba; Confira

Capa da Revista Polítika


A nova edição da revista Politika já está nas bancas e traz uma reportagem reveladora. Entrevista com o procurador geral de Justiça, Oswaldo Trigueiro, aponta para uma nova Operação “Pão e Circo” que acontecerá no Estado.

A 'revelação' do procurador-geral Oswaldo Trigueiro não traz nenhuma novidade para o signatário do 'Blog SÃO MAMEDE NET', pois como já afirmamos anteriormente, "a operação realizada recentemente pela Polícia Federal foi apenas a ponta do iceberg, café pequeno, tendo em vista que a grande operação está vindo por aí e certamente levará dezenas de prefeitos paraibanos para atrás das grandes, inclusive, certos gestores do Vale do Sabugi-PB."

E congressistas corruptos que negociam emendas parlamentares também!

CLIQUE AQUI para ver a postagem publicada AQUI no último dia 30 de julho de 2012 dando conta desta nova operação da Polícia Federal.

Por enquanto é istu,


* 'Blog SÃO MAMEDE NET' com Revista Polítika

O naufrágio do DEM

As conversas sobre a fusão do DEM ao PMDB serão retomadas. O DEM vai sair do pleito bastante enfraquecido. Sua direção já vinha sendo pressionada por deputados estaduais e federais, que precisam de bases fortes para enfrentar a reeleição. Seu presidente, o senador José Agripino (RN), interditou o debate no início do ano. Naquela época, o partido sonhava vencer em quatro capitais.

* Deu no Globo

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Dr.Jeferson (PMDB), candidato da oposição em São Mamede, fecha série de entrevistas dos prefeitáveis


Médico anestegilogista e candidato a prefeito pela oposição na cidade de São Mamede, Dr. Jeferson (PMDB), fechou as entrevistas na Espinharas AM e TVPatosonline.com, com os prefeitáveis d’aquela cidade. Líder da coligação “O Futuro começa agora”, e acompanhado do seu candidato a vice-prefeito, Dr. Paulo, o jovem médico deu inicio a sua participação na entrevista falando de sua inclinação politica e vida pessoal.

Refletindo sobre sua vida publica e pessoal, Dr. Jeferson afirmou que apesar de ser jovem tomou uma decisão, pois a vida se faz com escolhas e ele fez a dele, que foi servir a São Mamede.

“Tenho uma divida com minha cidade, não estou na politica por acaso, ser politico está no sangue; herdei do meu pai e meu avô que tem histórias politicas, agora eu tenho como prestação de serviços para São Mamede disponibilizar meu nome, para governar a cidade. Estou me candidatando para a população ter consciência e tirar suas próprias conclusões, quanto às administrações dos últimos 24 anos. Será que a cidade se desenvolveu ou ficou sendo apenas propriedade de um grupo? Por isso quero ser o representante dos munícipes, lutar pelo meu povo, meus conterrâneos”, destacou ele.

Saúde

Para o Dr. Jeferson na área de saúde em São Mamede está abandonada, ele afirmou que tem propriedade no assunto por ter formação em medicina. Ele disse que as pessoas que moram na cidade, não vivem uma São Mamede fantasiosa como passa o seu opositor.

“Acontecem coisas em São Mamede que não se pode admitir, pois os governantes atuais são médicos e a cidade passou muito tempo sem uma escala de médicos, agora no período eleitoral existe uma escala de médicos atendendo ou encaminhando pacientes para o Hospital Regional de Patos, pois o hospital de São Mamede está servindo mais como locadora ou garagem de ambulâncias. Os pacientes que dão entrada no hospital municipal, são transferidos para Patos, mesmo sem uma triagem e isso é inadmissível. Como também foi inadmissível a perca de um posto descentralizado do SAMU, para nossa cidade. Tenho um compromisso com o Deputado Federal Hugo Motta, para levarmos uma base do SAMU, para atender nossa população, isso é um compromisso de campanha”, enfatizou.

Educação

O candidato opositor afirmou que no Brasil a educação avança como um todo e não apenas em São Mamede como apresentou o atual gestor. Ele citou a cidade de Várzea no indicativo IDEB, que obteve uma nota muito melhor do que na cidade de São Mamede.

“Eu acho que o gestor atual deveria respeitar primeiro os professores, pois ele ainda não tirou o PCCR do papel e os profissionais necessitam do respeito, eles são muito importantes nesse processo educacional. Não podemos falar nem viver essas fantasias, vamos dar atenção total a educação municipal. Vou concluir todas as obras inacabadas da cidade, pois isso é uma obrigação do gestor publico, trabalhar pela cidade e pelos mais necessitados”, disse Jeferson.

Agricultura

“A politicagem existe até nesse período de estiagem, com muita gente sofrendo sem abastecimento de água, porque até nisso a politica partidária é praticada na cidade. Os tratores que cortam a terra para os pequenos agricultores, isso é cobrado uma taxa e nós vamos acabar com essa taxa. Há mais de 24 anos que não se constrói um só passagem molhada no município, pois os camponeses que realmente precisam dessas passagens, sabem do que estou me referindo. Também em relação a uma Retroescavadeira que o município receberá, isso é uma emenda do nosso senador Vitalzinho, do Deputado Hugo Motta e do deputado Luís Couto, independentemente do prefeito que estiver a frente do município e não uma aquisição do meu adversário”, afirmou.

Cultura Esporte e Lazer

“Ontem eu ouvi esse programa e o atual prefeito terminou sua participação mais uma vez prometendo a construção do estádio de futebol da cidade. Isso foi promessa de campanha da década de 80 e 90, ele não fez, porque não tem competência para fazer e quem fará será Dr. Jeferson. Vamos realmente tirar o projeto da construção do estádio do papel, porque são Mamede não aguenta mais tanta promessa, nessa e em outras áreas. Apoiar todas as atividades esportivas desenvolvidas na nossa cidade, quero fazer em quatro anos o que eles não fizeram 24, e só depende de São Mamede”, declarou Jeferson.

Nas suas considerações finais, o peemedebista agradeceu e parabenizou a Rádio Espinharas e o site Patosonline.com, conclamou a população a experimentar o novo, a escolher um novo rumo. Assim ele pediu um voto de confiança para mostrar sua potencialidade, juventude e vontade de trabalhar pela cidade.


* Por Eduardo Rabêlo, do PatosOnline.Com

ASSASSINATO - Polícia esclarece crime de comerciante Santaluziense e prende ex-esposa como suspeita


Caso ganhou repercussão nacional


CLIQUE AQUI para ver que o assassinato de Edival repercutiu na Câmara dos Deputados!

A delegada titular da cidade de Santa Luzia Simone Quirino juntamente com apoio de policiais civis e militares prendeu na tarde desta quarta-feira na cidade de Juazeirinho, Luciene Gonçalves de Sousa, 33 anos acusada da morte do ex-esposo, Edival da Silva, 55 anos, popularmente conhecido por "Edival da barraca". Ele foi barbaramente assassinado a tiros por volta das 13h:30min. em sua residência no condomínio "visão panorâmica" naquela cidade, no último dia 27 de agosto do ano em curso.

Relato de testemunhas afirmou que duas pessoas foram vistas correndo da residência minutos após os disparos e um carro já aguardava os suspeitos para fugir. O comerciante era proprietário de uma barraca de lanches concentrada em frente ao Terminal Rodoviário.

Pelas características encontradas na cena do crime, as investigações seguiram a linha de execução, visto que nenhum objeto foi furtado da vítima. Conforme a delegada apenas a uma arma de propriedade da vítima sumiu da residência.

Segundo Simone Quirino, pelas as evidências das investigações, a primeira suspeita no crime é a ex-esposa da vítima. Foi solicitado um Mandado de Busca e Apreensão, bem como o Mandado de Prisão da acusada, a qual foi indiciada como mandante do crime. Ela, no entanto, nega a autoria do delito e disse que provará sua inocência. A delegada disse ainda que há fortes indícios da participação dela no assassinato de Edival e confirmou outros envolvidos como possíveis autores material.

Edival da Silva era uma pessoa bastante conceituada na cidade e o crime repercutiu em âmbito estadual, o que acabou gerando uma investigação saliente que resultou no desfeche e acusação contra ex-mulher, que após ser ouvida na delegacia e passar por exames de Corpo Delito na UML de Patos foi encaminhada ao Presídio Regional Feminino.


* Com Portal Patos / SertãoPB

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

PM preso em operação na PB já foi investigado por CPI, diz deputado


Sargento foi investigado na CPI dos Grupos de Extermínio, diz Luiz Couto.

Sargento da PM foi preso durante Operação 'Esqueleto' em João Pessoa (Foto: Walter Paparazzo/G1)
Sargento da PM foi preso durante Operação 'Esqueleto' 
(Foto: Walter Paparazzo/G1)

O sargento da Polícia Militar Arnóbio Gomes Fernandes, que foi preso na quarta-feira (19) durante a Operação Esqueleto, já havia sido investigado por participar de um grupo de extermínio no Nordeste, segundo informou o deputado federal Luiz Couto (PT). O deputado foi relator, de 2003 a 2005, da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Grupos de Extermínio, que investigou a atuação dos grupos criminosos nos estados do Nordeste.

De acordo com o deputado, o sargento já havia sido detido em 2010 por um outro crime. “Ele tinha participação no grupo de extermínio e também apoio na organização criminosa. Ele foi preso em 2010 por porte ilegal de arma”, explicou.

A operação realizada nesta quarta foi conjunta das polícias Civil, Militar e Rodoviária Federal e deteve 42 pessoas suspeitas de envolvimento no tráfico de drogas e em homicídios na Grande João Pessoa. Segundo o delegado Cristiano Jacques, que coordenou a operação, Arnóbio Gomes prestava serviços de segurança particular para sub-chefes da quadrilha de tráfico de drogas.

De acordo com o Secretário de Segurança Pública da Paraíba, Cláudio Lima, um Inquérito Policial Militar (IPM) será aberto para investigar a participação do sargento na organização. O sargento também era candidato a vereador em Bayeux pelo partido PSL.

saiba mais

O militar, depois de ouvido, foi levado ao 5º Batalhão da Polícia Militar onde ficaria detido. No entanto, segundo a assessoria da PM, por falta de vaga, foi levado para a 3ª Cia do 1º Batalhão da PM, em Cabedelo.

"Não apenas ele dava proteção, mas também, se as investigações se aprofundarem, teremos novos policiais envolvidos nessa atividade criminosa”, disse o deputado com base nas investigações da CPI. “Ninguém pode negar a existência de um grupo de extermínio”, afirma Luiz Couto.

Segundo mostram os resultados da CPI, a Paraíba está entre os quatro estados nordestinos com maior incidência de grupos de extermínio, junto com Pernambuco, Ceará e Bahia. “Graças a Deus a maioria dos policiais é composta de homens e mulheres de bem, mas tem aqueles no meio a serviço do crime organizado e esses devem ser retirados da polícia”, pontuou.

Operação Esqueleto

A Polícia Civil já pediu a transferência de alguns dos presos para presídios federais. A ação conjunta deteve 42 pessoas e desarticulou toda uma organização criminosa. Outros 8 mandados de prisão permanecem em aberto. Segundo o delegado Cristiano Jacques, a organização seria responsável por comandar o tráfico de drogas no estado, queimar ônibus, realizar rebeliões em presídios, além de ser mandante dos principais homicídios violentos registrados na Grande João Pessoa.
 
De acordo com a polícia, o grupo era responsável por 60% dos homicídios praticados em 2012 na região metropolitana de João Pessoa, na Paraíba. Algumas gravações divulgadas mostram que a quadrilha usava muita frieza e crueldade nas execuções. Veja ao lado gravações telefônicas que mostram os criminosos conversando sobre os crimes.

Foram expedidos 50 mandados de prisão, dos quais 42 foram cumpridos. 25 foram expedidos para suspeitos em liberdade e 17 são contra acusados que já estavam presos e atuavam de dentro dos presídios. Os suspeitos detidos durante a operação serão levados provisoriamente para presídios da capital paraibana.

No balanço apresentado na coletiva, a polícia informou que foram apreendidos um revólver, munição, aproximadamente 1 kg de crack, e uma grande quantia em dinheiro, incluindo doláres e sucres, moeda usada nos países da ALBA (Aliança Bolivariana para os Povos de Nossa América).

Delegado Cristiano Jacques (Foto: André Resende) 
Delegado Cristiano Jacques disse que a polícia não teme represálias 
(Foto: André Resende/G1)

O delegado Cristiano Jaques afirmou que essas prisões pode ser considerada a maior operação conjunta feita no estado. “Esta organização criminosa existia na Paraíba até hoje (19). A partir de agora posso afirmar que este grupo criminoso organizado não existe mais. É o fim do grupo organizado no estado”, sentenciou Jacques. Ainda conforme o delegado, a maioria dos crimes violentos cometidos na Região Metropolitina de João Pessoa serão reduzidos drasticamente.

Segundo investigações, a violência para executar as vítimas era uma característica marcante do grupo criminoso. A polícia afirma que traficantes rivais que "invadiam" a área da organização eram assassinados com requintes de crueldade.
 
Algumas dessas execuções, principalmente por esquartejamento, eram acompanhadas em tempo real, através de celulares, por criminosos do bando. Mais de 340 policiais participaram da operação.

Segundo a Polícia Civil, foi constatada no curso das investigações a existência de uma organização criminosa administrada de dentro dos presídios de João Pessoa, como se fosse uma verdadeira empresa. Os lideres que cumpriam pena detidos deixavam uma cartilha para que os integrantes livres cumprissem compromissos.

Ainda conforme a polícia o grupo tinha hierarquia e tarefas bem definidas, com gerentes, distribuidores, soldados do tráfico e vendedores diretos aos dependentes químicos. A organização criminosa atuava nos bairros periféricos da capital, bem como nos municípios de Santa Rita e Bayeux, na Grande João Pessoa.

Relação com outras organizações criminosas

Polícia concedeu coletiva para falar da Operação Esqueleto (Foto: André Resende) 
Polícia concedeu coletiva para falar da Operação Esqueleto
(Foto: André Resende/G1)
 
Para Cristiano Jaques, grande parte das drogas comercializadas pela organização criminosa paraibana desarticulada nesta quarta-feira (19) era fruto de parcerias com organizações criminosas de outros estados, como São Paulo. “Há indícios de que uma outra grande organização criminosa de São Paulo tinha vínculos com a organização desarticulada hoje na Paraíba. A investigação aponta que parte da droga comercializada aqui era enviada por São Paulo”, comentou.

O secretário de Segurança Pública da Paraíba, Cláudio Lima, afirmou que o combate ao tráfico de drogas e a violência consequente não passa apenas por ações do próprio estado, uma vez que as drogas não são produzidas na Paraíba. “Não temos produção de drogas. A maconha, o crack, a cocaína, o ecstasy são trazidos até as nossas cidades. A droga consumida no estado vem de fora. O combate ao tráfico tem que ser tratado como um trabalho conjunto em todo país”, explicou.

Lavagem de dinheiro

Presos na Operação 'Esqueleto' são encaminhados para Central de Polícia em João Pessoa (Foto: Walter Paparazzo/G1) 
Presos na Operação 'Esqueleto' são encaminhados para Central de Polícia em João Pessoa  
(Foto: Walter Paparazzo/G1)
 
Após o cumprimento do mandado de prisão e busca e apreensão, a polícia passará a investigar um esquema de lavagem de dinheiro utilizado pela organização criminosa. Segundo Cristiano Jacques, a quadrilha investia parte do dinheiro coletado com o tráfico de drogas na construção civil.

“Encontramos um grande prédio sendo construído na comunidade do Timbó, nos Bancários (em João Pessoa), que seria financiado com dinheiro de traficantes. Iremos investigar se outras casas construídas na comunidade possuem ligação com o grupo”, completou.

De acordo com o Jacques, a operação não acabou e o trabalho da polícia será contínuo. Para o delegado do Grupo de Operações Especiais da Polícia Civil (GOE), a polícia não teme represálias. “Iremos continuar reprimindo o crime que quer se organizar. Não tememos represálias, a polícia não vai, de forma alguma, temer bandidos”, declarou.


* Do G1 Paraíba