quinta-feira, 26 de junho de 2014

BOMBA - Ministério Público Eleitoral pede a cassação do Prefeito de São Mamede; Confira



O Ministério Público Eleitoral (MPE) acaba de oferecer parecer favorável a cassação do atual prefeito de São Mamede-PB, Francisco das Chagas Lopes de Sousa, e da Vice-prefeita Eva Bezerra, ambos do DEM.

A Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) foi proposta ainda no ano de 2012 pela 'COLIGAÇÃO O FUTURO COMEÇA AGORA', composta pelo PMDB/PT e que foi encabeçada pelo candidato oposicionista o jovem médico Dr. Umberto Jefferson, filho de Dr. Umberto Marinho e Niúda Morais.

A AIJE (de nº 35841) versa sobre a captação ilícita de sufrágio e abuso de poder político e econômico nas eleições de 2012. 

Dr. Umberto Jefferson usou das palavras do Ministro Ayres Britto, do TSE, para comemorar esta decisão: "não basta ganhar eleição, é preciso ganhar com legitimidade, tanto a obtida pelo voto como a jurídica, que é a das leis. É preciso conciliar as duas, mas, quando há um choque, esta última se sobrepõe à primeira." 

Esta notícia caiu como uma bomba no município de São Mamede-PB. Não se fala em outra coisa nas redes sociais. Enquanto a oposição comemora os situacionistas se estrebucham, afinal, não será nada fácil perder essa boquinha depois de quase duas décadas mamando nas tetas da prefeitura.

Mas, enfim, a justiça está começando a ser feita!

Nenhum comentário: