terça-feira, 19 de junho de 2012

OPERAÇÃO TRANSPARÊNCIA: MPF oferece denúncia e deixa prefeitos do Vale do Sabugi de cabelos em pé

 
Os municípios de Junco do Seridó, Santa Luzia, São José do Sabugi e Várzea tiveram licitações fraudadas por este esquema fraudulento, revelou a PF


O Ministério Público Federal (MPF/PB) ofereceu recentemente denúncia referente à Operação Transparência. Os 24 envolvidos foram denunciados pelos crimes de quadrilha ou bando, falsidade ideológica, contra a ordem tributária, corrupção ativa, corrupção passiva e lavagem de capitais. O processo tramita em segredo de justiça na 1ª Vara Federal.

A Operação Transparência, deflagrada em 10 de novembro de 2009, identificou a atuação de uma organização criminosa no estado da Paraíba voltada a fraudar licitações públicas e desviar recursos públicos mediante a constituição de pessoas jurídicas 'de fachada'.

As investigações da Polícia Federal e Ministério Público Federal contaram com a participação da Receita Federal, da Controladoria-Geral da União e auxílio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público do Estado da Paraíba. As empresas 'de fachada' foram identificadas em 121 municípios e 16 órgãos públicos estaduais e federais.

Desdobramentos - Em razão dos fatos investigados, foram instaurados procedimentos extrajudiciais (que tramitam no âmbito do MPF) para apurar as irregularidades referentes à atuação das empresas em cada município e órgão público.

Somente após a conclusão das investigações é que será possível concluir pela participação ou não de agentes públicos, incluindo-se o prefeito municipal, bem como a adoção das medidas judiciais cabíveis. Os procedimentos instaurados são regulados pela Resolução n.º 87/2006 do Conselho Superior do Ministério Público Federal, contando com prazo de um ano, prorrogáveis fundamentadamente. 

Confira no link abaixo o listão completo dessas unidades e as modalidades de licitação manipuladas pelos acusados.

Clique aqui e confira a relação completa.



* Blog do Robson Medeiros com Assessoria de Comunicação do MPF/PB

3 comentários:

Anônimo disse...

ROBSON,VAMOS DENUNCIAR AO MINISTERIO PUBLICO QUE SAO MAMEDE TEM VEREADOR ENVOLVIDO EM OBRAS DA PREFEITURA.O ESQUEMA É LAVAGEM DE DINHEIRO E PRECISAMOS INVESTIGAR DIREITINHO.PEDIMOS AOS VEREADORES DA OPOSIÇÃO A VOCE AO DEPUTADO LUIS COUTO, QUE PEÇAM A POLÍCIA FEDERAL QUE ENTREM NO CASO E QUEBRE O SIGILO TELEFONICO DOS ENVOLVIDOS.

Anônimo disse...

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
ANO DE ELEIÇÃO ESTE BLOGUINHO TENTA DE TODAS AS MANEIRAS DENEGRIR AS PESSOAS DE BEM DE NOSSA CIDADE, ROBSON VC COM ESSE SEU BLOGUINHO NÃO ELEGE PREFEITO AQUI EM SÃO MAMEDE NUNCA NUNCA NUNCA...
PODEM SE ESPERNIAREM MAIS ESSE ANO É DR:CHAGAS COM FORNA NOVAMENTE, OLHE QUE ESSE ANO AQUI MUITOS PÉS FURADOS SEGUIDORES DE PAULO FREIRE ESTÃO TODOS VINDO PRA CÁ, ESSA SEMANA QUEM TEVE NA GRANJA DE DR:CHAGAS FOÍ UM DOS IRMÃO DE PAULO FREIRE, UENIO DE PEDRO ALFREDO COM A ESPOSA E A FILHA, E MUITO MAIS QUE SE FOR NOMEIÁ-LOS AQUI NESTE BLOGUINHO, NÃO VAÍ TER ESPAÇO, QUANDO TIVER MAIS PERTO DA ELEIÇÃO EU VOU TE LIGAR ROBSON PARA AGENTE APOSTAR, DE ANTEMÃO EU DOU 500 VOTOS DE MAIORIA, OBS: ESTE ANO PASSA DOS 800 VOTOS...

Anônimo disse...

será???? e pq estão tão aperriados???Assm como uns vão, outros vem nem s preocupe1 A quantidade de gente q vai votar enganando chagas n esta no gibi!Aguarde só p ver este ano o povo vai da o troco em chagas e nesses vereadores enganadores!caladinhos chegaremos lá...ui papai